capa

Minha EuroTrip!

Um dos meus maiores sonhos sempre foi conhecer a Europa, mas como não dava para passar um ano inteiro viajando e explorando todos os países da minha lista, o jeito foi conhecer apenas os cinco que consegui incluir na eurotrip. Foram dias inesquecíveis e super divertidos ao lado da minha querida tia Júnia (do blog Contando Tudo). Apesar de ter viajado só nós duas, lá fizemos boas amizades com pessoas da Argentina, Paraguay e Brasil. Inclusive com um casal (Rafa e Ju) daqui de Belo Horizonte (onde moro) e que ficou conosco boa parte da viagem.

Quer saber mais detalhes sobre a minha EuroTrip? Então continue lendo o post! ✈

 

Os países que visitei:

Portugal, Espanha, Itália, França e Suíça.

Paris – França

 O país preferido da viagem:

Gostei muito de todos, é difícil escolher um só quando se passeia por várias cidades e cidades tão encantadoras como Nice, Mônaco, Paris, Genebra entre tantas outras… Mas se fosse necessário eleger um país para voltar e explorar ainda mais com certeza seria a Espanha que conquistou meu coração! ♥

Toledo – Espanha

Lugares marcantes:

Tive oportunidade de conhecer várias cidades, alguns lugares com um pouco mais de tempo e outras na correria do batidão que foi a viagem. Mas o que posso dizer é que cada país me apresentou uma característica marcante e inesquecível. Em Lisboa, por exemplo, conheci a torre de Belém que para mim é uma das construções mais lindas do mundo.

Na Itália era um show de arquitetura a cada esquina e a toscana é uma região que vale muito a pena ser explorada com calma, além disso, conhecer Veneza me deu uma mistura de sentimentos quase inexplicável. As massas são mesmo muito boas, sem falar nos gelatos deliciosos!

Na Suíça, conheci apenas Genebra e os Alpes (com neve no topo). O mais marcante que pude observar são as cores mais vibrantes, o verde era mais verde, o azul mais azul.

A França foi uma verdadeira surpresa, pois não esperava que fosse me deslumbrar tanto com a arquitetura, organização, belezas naturais e até com as pessoas que em todos os lugares foram cordiais. Além disso, na França se come muito bem e há uma variedade enorme de doces que eu fiquei encantada. O destaque, é claro, vai para Paris, com razão é chamada de Cidade Luz. Também não posso deixar de mencionar a Riviera francesa, Nice é uma cidade encantadora e cheia de atrativos para pessoas de todas as idades. Lá bem pertinho conheci Mônaco e toda a riqueza que envolve a região. Ulá lá!

No entanto, a cereja do bolo mesmo foi a Espanha! Me identifiquei com cada cidade que visitei, com a arquitetura, com a comida e com o idioma. Arrisco dizer que me senti em casa, tanto que não conseguiria dizer qual cidade mais me identifiquei, mas seguramente moraria em San Sebastian. A cidade fica ao norte do país e pertence ao País Basco,  é fresca, praiana e tem muitas coisas para fazer, além do visual incrível. Creio que em outras vidas vivi por lá!

Genebra – Suíça

As cidades que visitei em cada país:

Portugal: Lisboa

Espanha: Madrid, Toledo, Zaragoza, Barcelona e San Sebastian.

Itália: Roma, Vaticano, Florença, Veneza, Pisa e Turim.

França: Paris, Bordeaux, Tours, Blois e Nice.

Suíça: Genebra

Principado de Mônaco

Comida favorita em cada país:

Comi muito bem durante toda a viagem. Comprei muitos lanches e chocolates deliciosos. Não comi muito em lanchonetes ou food trucks. Fazia sempre o ritual de me sentar e pedir um prato nos restaurantes. Das comidas mais gostosas que comi destaco:

Espanha: paella de frutos do mar, quiche, sangria ( bebida feita com vinho) e empanada de frango.

França: macarrão à carbonara, muffin de chocolate e torta de morango.

Itália: nhoque e os gelatos.

Suíça: Pizza e chocolates.

Já deu pra perceber que não era a toa que eu estava gordinha, né?! Zero saudável!

Comidas

Os passeios mais legais:

Costumo dizer que qualquer paixão me diverte e lá tudo era festa! Fui em vários lugares que valeram muito a pena, por exemplo: subi na torre Eiffel, andei muito a pé e fui da torre até o museu do Louvre passando pelo lindo arco do triunfo, conheci o encantador bairro de Montmartre; entrei no Coliseu e joguei uma moeda na famosa Fontana di Trevi em Roma; andei de gôndola em Veneza (aliás, em um determinado ponto do passeio, outras gôndolas se juntam e todos cantam Volare. É emocionante!).

Coliseu por dentro!

O que não me agradou:

Do tratamento de alguns italianos em seus estabelecimentos e da temperatura absurdamente quente em Roma, aliás eu traumatizei real!

Cidade que descartaria de um próximo tour:

Acho que Roma… Mas talvez um dia volte para ver se a má impressão passa. Tenho visto alguns vlogs da cidade e pode ser que tenha exagerado na antipatia que tomei por alguns motivos, mas joguei a moeda na Fontana di Trevi pra voltar e pode ser que um dia eu retorne e veja tudo por um outro ângulo.

Tia Júnia e eu em Toledo – Espanha

Tive algum perrengue?

De forma geral, não teve nenhuma situação embaraçosa com idioma ou perdas de horários, etc. Mas em Roma tive um problema com a grosseria de um garçom e em Pisa fomos expulsos de um restaurante porque eles não queriam mais turistas para comer. Saímos de lá e arranjamos um lugar muito melhor para almoçar. Lamentavelmente, alguns italianos não conhecem o significado da palavra educação.

Minhas compras:

Gosto muito de comprar bugigangas e faço coleção de coisas como caneca, chaveiro, imã de geladeira, etc. Mas além disso trouxe: mini torre eiffel, lenços de amarrar no pescoço, bolsa, réplica de um lindo óculos escuro e chocolates, muitos chocolates!

Mônaco

O que mais me impressionou nos europeus:

De forma geral, eles são educados e prestativos quando solicitados. Mas sem dúvida o mais marcante é a beleza dos homens italianos. Fiquei verdadeiramente impressionada!

O que eu vi de mais estranho:

Fiquei muito surpresa em Blois, uma cidade do interior da França. Quando chegamos vimos um jardim com estátuas transparentes e penduradas nas árvores e no “ar”. Depois em uma casa que imitava um castelo tinha robôs de dinossauros e outros monstros saindo das janelas e fazendo barulhos estranhos. Confesso que aquela visão foi verdadeiramente surpreendente. Esse local chama-se Casa Villebresme e fica perto de um café que vende o melhor muffin de chocolate que já comi na vida!

Me surpreendi com:

Tudo era novo e muito surpreendente! Para todos os lados que olhava só via belezas, mas dois momentos específicos me marcaram. O primeiro foi quando visitei o vaticano, lembrei muito das minhas avós que são católicas e pensei no quão felizes elas ficariam se um dia tivessem tido a oportunidade que naquele momento estava tendo. E a segunda, era a riqueza exuberante do principado de Mônaco, além da bela vista do mirante que fica ao lado da catedral de São Nicolau, onde foi realizado o casamento do príncipe Rainier com a famosa atriz Grace Kelly.

Nice – França

Quando voltarei?

Bem, minha viagem já faz alguns anos, mas espero que logo tenha oportunidade de viajar novamente para a Europa, pois tenho uma lista extensa de países que quero conhecer. Prometo deixá-los a par dos meus planos.

E você também gosta de viajar? Quais lugares do mundo já conhece e onde ainda quer conhecer? Deixe nos comentários que quero ficar por dentro de tudo!

Minha EuroTrip!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *